segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Bioplastia Peniana


Bioplastia Peniana
Alternativa Estética para o bem estar masculino

Existe toda uma cultura milenar a respeito do pênis. O pênis sempre significou virilidade e, conseqüentemente, poder. Muitos homens transformam isso num grande problema, criando dificuldades em sua auto-estima e em seus relacionamentos.
Em relação aos aspectos estéticos relacionados com a estética peniana, os aumentos do comprimento e da espessura são os mais procurados.


A Bioplastia Peniana vem sendo aplicada com bastante sucesso e já é uma técnica consagrada do arsenal médico na condução das questões estéticas relativas à espessura do pênis. Desde implantes temporários até implantes definitivos são utilizados.


Apesar de já existirem implantes sintéticos que produzem bons resultados estéticos sempre é importante a procura de novas alternativas.

Por exemplo, o PMMA, um material muito usado para bioplastia facial, é de baixo custo, mas seguidamente provoca nódulos no pênis, quando mal colocado, em mãos inadequadas, o que para alguns pacientes e suas(seus) parceiras(os) pode ser inconveniente. Entretanto, tem se mostrado, depois de vários anos, como uma alternativa bastante segura.

A Poliacrilamida, um outro material, apresenta resultados cosméticos espetaculares, mas já foram relatados casos de infecção devido a sua afinidade com estafilococo, um germe de difícil manejo com antibióticos, além de seu custo elevado.

O Ácido Hialurônico tem a desvantagem de ser absorvível, desaparecendo em cerca de 18 meses. Mas se mostra bastante seguro, sem complicações maiores. É muito utilizado nos EUA e Japão.

A Gordura, bastante utilizada na França, além do trauma significativo em função da lipo, provoca uma absorção de até 60% da quantidade injetada.

O DMS, durante muito tempo, demonstrou segurança sem infecções. Temos recebido, entretanto, alguns pacientes que utilizaram o DMS há alguns anos e que têm apresentado inflamações, aparentemente por traumas sequenciais. Há necessidade de intervenção cirúrgica prévia. O paciente deve ser postectomizado (ter realizada cirurgia de fimose).

A BIOPLASTIA PENIANA é um procedimento ambulatorial, realizado no próprio consultório, não havendo a necessidade de um repouso mais intenso. A atividade sexual pode se dar em cerca de 5 a 7 dias. Nossa experiência é de mais de 800 pacientes. Os resultados cosméticos são totalmente satisfatórios, além do baixo custo se relacionado a outros produtos ou a implantes cirúrgicos.São efetuadas, conforme avaliação prévia com o paciente, de uma a seis sessões, de 10 a 15ml cada, a cada quatro semanas.

Os ganhos com o perímetro podem variar de 0,7 a 0,9cm a cada 10ml. As assimetrias, quando ocorrem, podem ser corrigidas ao longo do tratamento.

O melhor método, a melhor alternativa passa por uma avaliação prévia e uma conversa aberta e franca entre paciente e especialista.


A Bioplastia Peniana é segura e bastante eficaz e o que é mais importante, traz de volta a auto-estima dos pacientes.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir